Mais um novo dia.....

Voltar ao trabalho....
Nossa.... voltar a rotina... ao trabalho... a tudo.
Confesso que fiquei um pouco assustada.
É voltar para sua casa mas diferente.
Depois do que passei, o medo de acabar tudo, o querer fazer e não poder.... Tanta coisa passou pela minha cabeça... E lá fui eu.
Para alguns nada mudou mas muitos vieram me abraçar. Este calor de boas vindas faz toda a diferença.
Fiquei um pouco fora do ar, um sentimento de "peixe fora d´água", um pouco de incomodo e medo desta cirurgia. Ficar tanto tempo sentada. Retomando...
Passou o dia e confesso que foi bom sair de casa e me sentir um pouco util.
Estou ainda meio esquisita.
Mas acho que é normal.
Alguns sentimentos diferentes.
Algumas saudades... Alguns medos....
Alguma coisa mudou aqui dentro e ainda estou tentando entender....
Espero ter tempo para decifrar e sair desta
No segundo dia foi um pouco melhor e hoje é o primeiro dia sozinha.. Eu, Deus e o Cachorro cãopanheiro.
Meus pais já retornaram para a casa deles e agora sigo a minha vida.
Hoje cheguei, tomei banho, preparei meu jantar e fiquei vendo um pouco de TV. Lavei a louça e me deu uma vontade de ficar quietinha..... carência né.
Aki estou eu tentando me animar, mas já deitada na minha cama, tv ligada e o cachorro tetando achar um lugar mais agradável para dormir.
Ele tá tristinho. Depois de tantos dias com todos aqui hoje ele ficou sozinho a tarde e a partir de amanhã sozinho o dia todo.
Mas vamos retomando aos poucos. Estou me cobrando muito como sempre e quero tudo na hora.
Este será um aprendizado... Devagar.... vamos uma coisa por vez. Correria não adiantará nada e não me leva a lugar nenhum.
Senti na pele que a qualquer momento podemos ser tirados de cena sem nenhuma cerimônia.
O jeito é deitar e relaxar...
Vou retomando a minha vida aos poucos.. como deve ser....
Não paro. Vou devagar
Que possamos ter uma noite revigorante e relaxante.
Amanhã é sexta-feira - Dia Nacional da Felicidade sem Motivo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não Nascemos Prontos - Mário Sérgio Cortella